terça-feira, 28 de julho de 2009

Quem usa Bijuteria?

Como nasceu a bijuteria?
O costume de usar peças para adornar o corpo e roupas vem de muito tempo atrás. Desde quando a humanidade vivia ainda no sistema tribal as pessoas usavam enfeites para se diferenciar e chamar a atenção, principalmente daquelas do outro sexo. Nessa época mais remota, os povos gastavam muito tempo desenvolvendo técnicas para a produção desses enfeites, que eram feitos dos mais diversos materiais, tais como metais, pedras, ossos de animais, conchas, madeira e coral, entre outros. Podemos citar os índios como os maiores usuários de adornos, já que pintavam o corpo e usavam peças nas orelhas, queixo e lábios. Tais peças podem ser consideradas como uma forma primitiva de bijuteria, pois eram feitas artesanalmente e de materiais facilmente encontrados na natureza. Entre as sociedades mais abastadas, os utensílios para enfeite mais usados eram as jóias (hoje em dia esse quadro já está mudando). Usadas também para adornar corpo e roupas, tinham outro significado: mostrar o status de quem as usava, pois eram (ainda são) peças mais caras por utilizarem materiais mais valorizados e raramente encontrados na natureza, como ouro, diamante e outras pedras preciosas.
Quem usa bijuteria?
Atualmente, a bijuteria é um acessório básico e usado por mulheres de todas as idades e estilos que gostam de usar peças alternativas. Basta querer dar um up no visual, transformar o sem graça em algo mais bonito e diversificado. Podendo ser usada desde em festas, no trabalho e no dia-a-dia, a bijuteria muda a cara de uma roupa, dando um ar mais casual, chique ou mesmo fashion, dependendo da peça utilizada e da ocasião. Com a diversificação da moda, cada mulher adquire um estilo diferente, criando a sua personalidade com seus acessórios e complementos. Cada vez mais a bijuteria é usada por atrizes e personalidades, lançando moda e difundindo tendências através das novelas e revistas.
Por que usar?
As bijuterias têm maior variedade de cores e formas em relação às jóias. Suas peças são mais leves e despojadas, chamam a atenção por sua beleza, brilho, misturas de materiais e cores, além do trabalho do artesão. Podem ser usadas em qualquer ocasião, principalmente para valorizar o visual e criar um estilo exclusivo, já que o princípio básico dos acessórios é enfeitar, trazendo feminilidade e sensualidade a quem os usa. É sempre bom ter uma bijuteria na sua caixinha de jóias, ao menos um cordão, pois ele pode vir a ser a peça curinga de uma vestimenta, mudando completamente o visual e tirando até mesmo a seriedade da roupa. Nos dias atuais, a bijuteria tem outro fator positivo a seu lado, além de ser boa e bonita: o fator segurança. É mais seguro usar uma bijuteria do que uma jóia verdadeira. Sem contar que belas bijuterias podem ser tão elegantes quanto jóias. Mas, acima de tudo, a bijuteria está na moda.
Dicas e Combinações
A bijuteria é um complemento da roupa e depende dela para ser usada e de que forma. Sempre se obtém ótimo resultado contrastando os acessórios com a roupa, que ficam bem com qualquer traje, inclusive os mais clássicos, pois quebram com o excesso de seriedade, mas combinam maravilhosamente bem com o jeans e a camiseta. A bijuteria tornou-se uma opção para incrementar o armário das mulheres. Desde o traje informal, como calças compridas, camisetas coloridas, saias e twin sets, ao mais clássico e a rigor, como os longos e tailleur, as bijoux estão sempre presentes. Abaixo seguem algumas dicas de combinações de bijuterias com roupas:

*Jeans com camisetas coloridas: combinam com todos os tipos de acessórios. É um estilo mais casual.
*Terninhos: ao combinar com um cordão, tira um pouco o ar de seriedade.
Tailluer: usar bijuterias mais finas, com brilho, dando um detalhe a mais na roupa.
*Longos/Festas: usar bijuterias finas, mas que não sejam extravagantes. O acessório não pode chamar mais atenção que você.
*Camiseta branca: é uma peça básica, um curinga. Combina com qualquer modelo de bijoux.
*Camiseta preta: pede uma bijoux em cores mais claras para sobressair melhor. Também se pode usar a bijoux na cor preta, mas com cuidado de não deixar ela apagada.
*Estampado: com floral ou listras escolhe-se uma bijoux mais sóbria para que ela não se perca nas estampas.
*Vestidos: com ar mais romântico é preferível uma bijoux mais delicada.
*Decotes: cuidado! Nem todos os decotes são para serem usados com colares ou brincos chamativos. O decote já chama a atenção por si só.
*Cabelos Curtos: pedem brincos menores.
*Cabelos Compridos: pode abusar no tamanho dos brincos. Mas não use muito pequenos para não ficarem invisíveis.
*Tom sobre tom: combine a cor da roupa com a bijuteria. Ex: Blusa roxa com bijoux lilás.

3 comentários:

  1. Ola pessoal, gostei do blog achei muito informativo e realmente atrativo para todas que buscam o melhor sobre bijuterias, apenas dica de um site bom para comprar bijuterias, ha espero voltar mais no seu site para pegar novas dicas.
    www.imagemfolheados.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. By Mariângela Cândida26 de fevereiro de 2012 18:02

      Obrigada Quel. Fico feliz quando alguém entra no meu blog e tira proveito das dicas e sugestões contidas aqui. Bjos Mariângela - Designer de Bijoux

      Excluir